PROPRIEDADE INTELECTUAL

Fotografias, videos e informações diversas, motivado pelo desejo de mostrar ao mundo a cultura, a inteligência, os sonhos e as realizações de um povo pacato.

«É livre a expressão da actividade intelectual, artística, política, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença» Ponto 1. Artigo 42.º da Constituição da República de Angola.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

FIRMEZA NOSSA FORÇA NO CAN

Venceremos o jogo contra a selecção do Malawi. O Malawi está distanciado da nossa real capacidade técnica, táctica e psicológica. O erro da selecção, do treinador Manuel José e de todos os angolanos aquando do Angola/Mali, terá de ser corrigido hoje a partir das 19 horas.

Tenho a pátria sob a alma e em minhas veias sanguinárias sinto correr a velocidade do Ze Kalanga, a resistência de Gilberto, a pujança do Man Torras, o equilíbrio do Kali, a determinação do Djalma, a persistência do Flávio e tantas outras atitudes de bravura dos nossos palancas, razão pela qual a vitória será nossa por 2-0.

Aos cães da FLEC, saibam que vocês foram muito infelizes. Cabinda foi, é e será sempre Angola, assim defendia Agostinho Neto e nós somos apologistas. O ataque à selecção do Togo foi um acto que jamais se apagará das nossas memórias e vocês "flequistas" vão pagar caríssimo.

Ao povo angolano, de Cabinda ao Cunene e do Mar ao Leste, peço para que não cruzem os braços, não calem as bocas, pois temos de levantar os braços e gritar bem alto para que os adversários sintam a verdadeira força dos muangolééés neste CAN que conforme augurou o Presidente da República deve ser exemplar.