PROPRIEDADE INTELECTUAL

Fotografias, videos e informações diversas, motivado pelo desejo de mostrar ao mundo a cultura, a inteligência, os sonhos e as realizações de um povo pacato.

«É livre a expressão da actividade intelectual, artística, política, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença» Ponto 1. Artigo 42.º da Constituição da República de Angola.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Kilombo, portas encerradas


O centro turístico do Kilombo, em Ndalatando, foi encerrado há mais de seis meses, em função das obras de reabilitação que está a beneficiar. Kilombo é conhecido pela maravilhosa paisagem turística, habitando em sua zona verde mais de uma centena de flores diversificadas, realçando a rosa de porcela.

Circundado pelo rio Muembeje, Kilombo localiza-se ao Este da cidade de Ndalatando, o acesso é feito por uma estrada asfaltada recentemente, cujo clima é tropical. O vinho de palmeira, tradicionalmente conhecido por "maruvo", é uma bebida facilmente tratada na zona do Kilombo, devido a existência de um elevado número de palmeiras.

Aos fins de semana, jovens provenientes de várias partes do país, com realce os residentes em Ndalatando, habituaram-se à visitar aquele que é considerado como a herança turística do Kwanza-Norte, realizando passeios, fotografias, festas de aniversários, baptismos, casamentos e não só.

Pela sua impressionante paisagem natural, Kilombo já albergou uma das galas do concurso "Miss Kwanza-Norte", tendo deixado estupefacto centenas de turistas que assistiram ao evento.

Não se sabe quando é que serão reabertas as portas do Kilombo, mas ao certo é que os trabalhos de reabilitação das vias de acesso continuam, embora a passo de camaleão, esperando-se que as obras não levem mais tempo, uma vez que a juventude local e de outras regiões de Angola, bem como turistas estrangeiros, têm saudades do Kilombo.